Home | A Clínica | Dra. Juliana Zochetti | Profissionais | Especialidades | Parcerias | Artigos | Eventos | Contato

Artigos

Somos o que pensamos

Partindo da premissa que somos o que pensamos, vamos avaliar como a doença se instala no corpo.

O que pensamos, o nosso mental, nos gera emoções, as nossas emoções nos levam a ações (entende-se aqui o não agir, como uma ação também) e as nossas ações vão se manifestar no nosso físico. Por um exemplo: Se eu penso que "não sou capaz"; "não sou suficientemente bom"; "faço tudo errado" vou gerar emoções em mim como frustração, tristeza, raiva, decepção comigo mesmo. Então, as minhas ações não vão ser da maneira como eu gostaria, o trabalho não sairá bem feito, não educarei direito meus filhos, não serei um bom marido/esposa, enfim, minha vida não será como eu gostaria, pois eu não sou como eu gostaria. Ao vivenciar esses pensamentos, emoções e ações, vou gerar doenças no meu corpo que vão, desde a alergias à depressão, ou até mesmo um câncer. Na realidade, os meus pensamentos é que estão doentes.

Para voltar a ter saúde é necessário entender de onde vêm essas crenças criadas pela pessoa, de onde surgiram esses pensamentos. Essas crenças surgem, geralmente, na infância fase em que a criança não tem maturidade mental e nem emocional para compreender determinados fatos vivenciados.

Ao entrar em contato com essas crenças e de onde elas surgiram, é possível para a pessoa transformar esses pensamentos, mudando as suas emoções e ações, sua vida será como ela realmente gostaria e seu físico se manterá saudável. A cura ocorreu.

"Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo." (BUDA)


Rua Manoel Bandeira, 190, Vila Liberdade, Jundiaí - SP | Fones: 11 2816-3316 | 3963-2025