Home | A Clínica | Dra. Juliana Zochetti | Profissionais | Especialidades | Parcerias | Artigos | Eventos | Contato

Artigos

O Corpo como rascunho dos nossos pensamentos

Muitas pessoas presumem que para emagrecer basta consultar uma nutricionista, seguir a dieta prescrita, ou uma da moda e pronto. Nos primeiros dias parece que tudo corre bem; até funciona. De repente a pessoa já está devorando tudo a sua frente. Por quê? A um programa alimentar sadio deve-se corresponder uma cabeça sadia.

Os quilinhos ou muitos quilos a mais estão diretamente relacionados às emoções despertadas sobre o que pensamos de nós mesmos. As frustrações, as tristezas, as raivas, as decepções geram uma ação, que no caso das pessoas acima do peso é o comer e consequentemente engordar.

O que pude perceber, na minha experiência profissional, é que o pensamento de
menos valia, de incapacidade é um padrão estabelecido em um determinado momento da vida, comumente na infância, pois a criança não tem maturidade intelectual e nem emocional e acaba interpretando certas atitudes dos pais ou familiares como falta de amor. Quando adultas, essas pessoas passam a cobrar enormemente de si mesmas. Não podem errar. Querem ser perfeitas (dentro daquilo que consideram perfeição). E, se acabam "errando", surge o sentimento de desvalorização.

Voltando ao exemplo das pessoas acima do peso, muitas fazem dieta, emagrecem
e até se submetem a uma cirurgia de redução (Cirurgia Bariátrica), mas como o padrão permanece o mesmo, as emoções ressurgem e por consequência as ações também. Então, voltam a comer ou mudam o objeto - o alcoolismo, compulsão por jogos, etc. Muitas vezes desenvolvem outras doenças como depressão, anorexia ou qualquer outra. A cura de fato não ocorreu, a pessoa continua doente.

A base do nosso equilíbrio só pode ser construída dentro de nós, na nossa alma. A
verdadeira felicidade encontra-se no mais profundo do nosso ser.

A terapia ajuda a pessoa a perceber esses sentimentos, a transformá-los em amor por si mesma, a lidar melhor com as dificuldades do dia a dia de uma maneira mais fortalecida, madura, com menos sofrimento.


Rua Manoel Bandeira, 190, Vila Liberdade, Jundiaí - SP | Fones: 11 2816-3316 | 3963-2025